Atendimento
(11) 4993-5400
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Últimas Notícias

article thumbnailA PROEX torna público o presente Edital para apresentação de propostas de criação de Ligas Acadêmicas vinculadas ao Centro Universitário Saúde ABC. As inscrições das propostas estarão abertas no...
O Centro de Estudos Prof. Dr. José Vicente Martins Campos da Disciplina de Gastroenterologia do Centro Universitário Saúde ABC / Faculdade de Medicina do ABC de Santo André (SP) promoverá dia 10 de agosto o “Simpósio Estadual de Doenças Inflamatórias Intestinais para o Clínico, Pediatra e Especialista”. O evento será das 7h30 às 15h no auditório do Centro de Capacitação de Profissionais da Educação (CECAPE) de São Caetano do Sul (Rua Tapajós, 300, bairro Barcelona). O simpósio é organizado pelo professor titular da disciplina, Dr. Wilson Roberto Catapani. 
 
Os temas das diversas palestras incluem diagnóstico, epidemiologia e terapia biológica no tratamento de doenças inflamatórias intestinais, medicamentos biossimilares, aspectos endoscópicos, além de discussão de casos clínicos, cirúrgicos e pediátricos.
 
As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Para acessar o evento é preciso levar 3kg de alimentos não perecíveis, que serão doados ao Fundo Social de Solidariedade de São Caetano do Sul. Todos os participantes receberão certificados. 
 
Entre os apoiadores do simpósio estão a Sociedade de Gastroenterologia do Estado de São Paulo (SGSP); Associação Paulista de Medicina - Regional de São Caetano do Sul (APM-SCS); Grupo de Estudos da Doença Inflamatória Intestinal do Brasil (GEDIIB) e as empresas farmacêuticas Takeda Brasil, Janssen e AbbVie.
 
NOVAS PESQUISAS
Neste ano, o Centro de Pesquisa Clínica da FMABC deu início a novos estudos na área de doenças inflamatórias intestinais. O Centro Universitário possui, inclusive, ambulatório específico nessa área, referência nacional tanto na assistência como na pesquisa – de grande relevância para os pacientes, que podem se beneficiar de tratamentos gratuitos e medicamentos novos, inclusive na classe de imunobiológicos, que estão entre os mais promissores do mercado.